quarta-feira, 26 de novembro de 2008

PM Soldado 2ª classe - Vunesp



LÍNGUA PORTUGUESA E LITERATURA

Leia o trecho do romance Memórias Póstumas de Brás Cubas, de Machado de Assis, para responder às questões de números 01 a 04.

Saímos à varanda, dali à chácara, e foi então que notei uma circunstância. Eugênia coxeava um pouco, tão pouco que eu cheguei a perguntar-lhe se machucara o pé. A mãe calou-se; a filha respondeu sem titubear:
– Não, senhor, sou coxa de nascença.
(...)
Tratei de apagar os vestígios de meu desazo; – não me foi difícil porque a mãe era, segundo confessara, uma velha patusca, e prontamente travou de conversa comigo. Vimos toda a chácara, árvores, flores, tanque de patos, tanque de lavar, uma infinidade de cousas, que ela me ia mostrando, e comentando, ao passo que eu, de soslaio, perscrutava os olhos de Eugênia... Palavra que o olhar de Eugênia não era coxo, mas direito, perfeitamente são, vinha de uns olhos pretos e tranqüilos. Creio
que duas ou três vezes baixaram estes, um pouco turvados; mas duas ou três vezes somente; em geral, fitavam-me com franqueza, sem temeridade, nem biocos.
(...)
O pior é que era coxa. Uns olhos tão lúcidos, uma boca tão fresca, uma compostura tão senhoril; e coxa! Esse contraste faria suspeitar que a natureza é às vezes um imenso escárnio. Por que bonita, se coxa? por que coxa, se bonita?

GLOSSÁRIO
desazo: falta de jeito
patusca: divertida
biocos: falsa modéstia

01. De acordo com o texto, é correto afirmar que o narrador
(A) sente pena de Eugênia não pelo fato de ser coxa, mas pela sua atitude submissa e desajeitada.
(B) demonstra dificuldade para aceitar o fato de que beleza e imperfeição estejam associadas. (C)
(C) recebe com descaso a informação de que Eugênia é coxa e logo se distrai com os atrativos da chácara.
(D) está cegamente apaixonado por Eugênia e acredita que o fato de coxear é fruto de um machucado passageiro.
(E) fica admirado com a perfeição da natureza ao perceber que o fato de ser coxa amplia a beleza de Eugênia.

02. Uma característica recorrente na obra de Machado de Assis que pode ser percebida no texto é
(A) a religiosidade.
(B) a ironia. (C)
(C) o conformismo.
(D) o surrealismo.
(E) o misticismo.

03. Com a frase – Tratei de apagar os vestígios de meu desazo;– o narrador afirma que

(A) procurou esconder o fato de que preferia caminhar pela chácara acompanhado apenas de Eugênia.
(B) tentou disfarçar que estava apaixonado por Eugênia, pois não se sentia preparado para pedi-la em casamento.
(C) encontrou uma maneira de afastar-se de Eugênia, já que havia perdido completamente o interesse por ela.
(D) buscou uma forma de fazer esquecer a gafe que cometera ao mencionar o modo de Eugênia caminhar. (C)
(E) agiu com naturalidade durante o passeio pela chácara, pois não queria que o reconhecessem.

04. Em — Não, senhor, sou coxa de nascença. ⎯ o termo senhor deve ser classificado como
(A) vocativo. (C)
(B) aposto.
(C) agente da passiva.
(D) complemento verbal.
(E) complemento nominal.

Leia o fragmento do poema de Gonçalves Dias e responda às questões de números 05 a 08

Seus olhos

Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
De vivo luzir,
Estrelas incertas, que as águas dormentes
Do mar vão ferir;
Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
Têm meiga expressão,
Mais doce que a brisa, — mais doce que o nauta
De noite cantando, — mais doce que a frauta
Quebrando a solidão, (...)
Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros,
Assim é que são;
Eu amo esses olhos que falam de amores
Com tanta paixão.

GLOSSÁRIO – frauta: flauta

05. No poema, tem-se a voz de alguém que
(A) defende uma opinião pessimista sobre o amor.
(B) descreve objetivamente seu estado atual.
(C) narra a história de um amor proibido.
(D) expressa o que sente pelo ser amado. (C)
(E) retrata o amor como um sentimento mórbido.

06. Nos versos – Eu amo esses olhos que falam de amores/ Com tanta paixão. – percebe-se o uso de
(A) pleonasmo.
(B) metonímia. (C)
(C) ironia.
(D) comparação.
(E) antítese.

07. Na primeira estrofe, a expressão – De vivo luzir – é adjunto adnominal de
(A) olhos, e luzir é classificado como substantivo. (C)
(B) negros, e luzir é classificado como artigo.
(C) puros, e luzir é classificado como pronome.
(D) Estrelas, e luzir é classificado como adjetivo.
(E) águas, e luzir é classificado como advérbio.

08. Considere os seguintes trechos dos textos de Machado de Assis e de Gonçalves Dias.

• Palavra que o olhar de Eugênia não era coxo, mas direito, perfeitamente são, vinha de uns olhos pretos e tranqüilos. Creio que duas ou três vezes baixaram estes, um pouco turvados; mas duas ou três vezes somente; em geral, fitavam-me com franqueza, sem temeridade, nem biocos.

• Seus olhos tão negros, tão belos, tão puros, Têm meiga expressão, Mais doce que a brisa, – mais doce que o nauta De noite cantando, – mais doce que a frauta Quebrando a solidão,

Ao comparar a maneira como os olhos e o olhar são descritos, é correto afirmar que o texto de Machado de Assis e o de Gonçalves Dias pertencem
(A) ao Romantismo.
(B) ao Realismo.
(C) ao Pós-modernismo.
(D) ao Realismo e ao Romantismo, respectivamente. (C)
(E) ao Romantismo e ao Pós-modernismo, respectivamente.

Leia o poema de Manuel Bandeira para responder às questões de números 09 a 11.

Poema tirado de uma notícia de jornal

João Gostoso era carregador de feira livre e morava no [morro da Babilônia num barracão sem número. Uma noite ele chegou no bar Vinte de Novembro
Bebeu
Cantou
Dançou
Depois se atirou na Lagoa Rodrigo de Freitas e morreu afogado.

09. A disposição em paralelo dos verbos bebeu, cantou, dançou

(A) descreve um comportamento guiado pela lógica e pela razão.
(B) retrata João Gostoso como alguém desequilibrado emocionalmente.
(C) sugere a passagem do tempo que antecede a morte de João Gostoso. (C)
(D) confirma que João Gostoso sofria de um caso clássico de alcoolismo.
(E) prova que a morte de João Gostoso só pode ter sido criminosa.

10. A forma verbal que reúne em uma só expressão os significados de se atirou e morreu é
(A) caiu.
(B) faleceu.
(C) se contundiu.
(D) se jogou.
(E) se suicidou. (C)

11. Uma característica presente no poema e comum à poesia modernista é o uso de
(A) metro regular e personagens da mitologia grega.
(B) inversão dos termos da oração combinada com hipérboles.
(C) rimas associadas a uma descrição idealizada da natureza.
(D) versos livres e linguagem próxima da prosa. (C)
(E) erros de concordância e vocabulário inculto.

Após a leitura do texto de Adélia Prado, responda às questões de números 12 a 15.

Eu, se fosse governo, subia num tamborete, batia palma e gritava bem alto pra todo mundo escutar: cala boca, gente, escuta aqui. Obrigava todo mundo a ficar quieto primeiro e explicava o meu programa administrativo. (...) Não ia fazer nada sozinho,
que eu não sou bobo. Escolhia pra meus ajudantes só gente que tivesse duas coisinhas à-toa: honestidade e competência. Feito isso, falava pra eles: faz um levantamento do nosso país, aí, isto é, varre a casa primeiro. Depois conferia numa assembléia, que não ia ter recesso enquanto não me dessem, por escrito, quantos meninos sem escola, quanto pai de família sem emprego, quanto homem e mulher que fosse amarelo, feio, sem dente, sem saúde, sem alegria. Me aparecesse tudo anotado no papel. Bom, depois dava um descanso de meia hora pras câmaras alta e baixa e ia de novo presidir eles a arranjarem um meio de acabar com essa tristeza toda, em primeiro lugar com o problema da comida. (...) Fico falando essas coisas, fico mais ridículo que galinha na chuva, já viu que dó? Aquele passo bobo, aquele pescoço esticado pra frente, olha aqui, olha acolá, encharcada na friagem e na lama, sem resolver nada e, pior que tudo, sem saber de nada.

(fragmento de Solte os Cachorros)

12. O narrador fala de política com
(A) reverência e solenidade.
(B) conformismo e erudição.
(C) humor e ironia. (C)
(D) frieza e cerimônia.
(E) saudosismo e desânimo.

13. Ao comparar-se com a galinha na chuva, o narrador revela que, com relação a problemas como a fome, sente-se
(A) seguro.
(B) otimista.
(C) confiante.
(D) determinado.
(E) impotente. (C)

14. Considere o trecho:

Me aparecesse tudo anotado no papel. Bom, depois dava um descanso de meia hora pras câmaras alta e baixa e ia de novo presidir eles a arranjarem um meio de acabar com essa tristeza toda, em primeiro lugar com o problema da comida.

No texto, contrariando as regras da escrita padrão culta e formal da língua portuguesa, mas representando a fala popular de muitos brasileiros, destacam-se os empregos
(A) das conjunções coordenativas.
(B) dos verbos na voz passiva.
(C) dos pronomes pessoais. (C)
(D) da concordância nominal.
(E) das orações subordinadas.

15. Na frase – Não ia fazer nada sozinho, que eu não sou bobo. – o termo que se classifica como
(A) uma conjunção e introduz uma oração explicativa. (C)
(B) uma interjeição e apresenta um comentário exclamativo.
(C) um pronome e se subordina a bobo.
(D) uma preposição e inicia uma oração concessiva.
(E) um advérbio e contraria a afirmação anterior.

Leia o texto que segue e responda às questões de números 16 e 17.

A morte do menino João Hélio, de 6 anos, arrastado por um carro depois de um assalto no Rio de Janeiro, reacendeu o debate sobre a redução da maioridade penal no país.
Como em outros crimes violentos, menores de idade tiveram papel ativo no brutal crime. Pela legislação brasileira, um menor infrator não pode ficar mais de três anos internado em instituição de reeducação, como a Febem. É uma das questões mais polêmicas a respeito da maioridade penal. As penalidades previstas são chamadas de “medidas socioeducativas”. Apenas crianças até 12 anos são inimputáveis, ou seja, não podem ser julgadas ou punidas pelo Estado. De 12 a 17 anos, o jovem infrator será levado a julgamento numa Vara da Infância e da Juventude e poderá receber punições como advertência, obrigação de reparar o dano, prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, inserção em regime de semiliberdade ou internação em estabelecimento educacional. Não poderá ser encaminhado ao sistema penitenciário.
(Veja. Adaptado)

16. De acordo com as informações do texto,

(A) a morte de João Hélio alertou a população sobre a urgência de reduzir a idade com que o jovem infrator deve ser submetido a medidas socioeducativas.
(B) a morte do garoto de seis anos no Rio de Janeiro ocorreu devido ao fato de que o governo brasileiro ainda não autoriza o confinamento de menores infratores.
(C) a impunidade de menores infratores, como os que planejaram o assalto que resultou na morte de uma criança, acarretou a redução da maioridade penal no Brasil.
(D) os menores que cometem crimes violentos permanecem internados em instituições de reabilitação até serem encaminhados ao sistema penitenciário.
(E) os brasileiros voltaram a considerar a possibilidade de diminuir a idade com que um indivíduo se torna inteiramente responsável pelos crimes que cometer. (C)

17. Com a alteração da ordem sintática, o trecho que permanece pontuado corretamente e com a mesma informação do texto é:

(A) Menores de idade como em outros crimes violentos, tiveram papel ativo no brutal crime.
(B) Um menor infrator, pela legislação brasileira, não pode ficar mais de três anos internado em instituição de reeducação. (C)
(C) É uma das mais polêmicas questões a respeito, da maioridade penal.
(D) O jovem infrator será levado a julgamento, de 12 a 17 anos numa Vara da Infância e da Juventude…
(E) Ao sistema penitenciário não, poderá ser encaminhado.

18. Assinale a frase correta quanto ao uso do acento indicador de crase.

(A) O crime que causou a morte de João Hélio foi atribuído à menores de idade.
(B) Essa é uma das questões mais polêmicas envolvendo à maioridade penal.
(C) A morte do garoto reacendeu o debate relativo à redução da maioridade penal. (C)
(D) As penalidades previstas equivalem à medidas socioeducativas.
(E) O jovem infrator poderá ser levado a julgamento à partir de 12 anos de idade.

19. A frase em que a concordância ocorre em conformidade com as regras da norma padrão culta da língua portuguesa é:

(A) A participação de menores de idade em crimes violentos é preocupante. (C)
(B) Devem haver maneiras mais severas de coibir a criminalidade juvenil.
(C) Foi analisado a viabilidade da redução da maioridade penal.
(D) A prestação de serviços à comunidade são um tipo comum de penalidade.
(E) Será levado a julgamento os jovens infratores de 12 a 17 anos.

20. Assinale a frase correta quanto às regras de ortografia e acentuação.

(A) O criminoso foi condusido à enfermaría.
(B) A vitima apresentou queicha contra o espôso.
(C) O réu foi condenado por pratica de estorção.
(D) O banquêiro foi indiciado por estelhonato.
(E) O júri isentou o deputado das acusações. (C)

MATEMÁTICA

21. Foi feita uma pesquisa entre 540 jovens universitários sobre a preferência em assistir, durante o Pan Americano, a competições de natação ou provas de atletismo. O resultado foi colocado na seguinte tabela
ATIVIDADE PREFERÊNCIA
Natação 313
Atletismo 217
Natação e Atletismo 75
O número de entrevistados que não assiste a nenhuma das competições pesquisadas é
(A) 112. (B) 98. (C) 92. (D) 85. (C) (E) 70.

22. O gráfico mostra o aumento de preço de determinado produto ao longo de alguns meses. Preço do produto em R$ 1,80/Abril 2,00/Maio
Supondo que esses preços continuem aumentado em progressão aritimética, em dezembro este produto estará custando
(A) R$ 3,00. (B) R$ 3,20. (C) R$ 3,40.=(C) (D) R$ 3,60. (E) R$ 3,80.

23. Uma loja colocou em promoção camisas, calças e malhas de lã, sendo que qualquer peça do mesmo tipo tem o mesmo preço.
Quatro amigos, Pedro, Paulo, Antônio e João foram a essa loja e compraram:
Pedro: 2 camisas + 1 calça + 1 malha de lã e pagou R$ 330,00
Paulo: 3 camisas + 2 calças + 1malha de lã e pagou R$ 480,00
Antônio: 2 camisas + 1 calça + 2 malhas de lã e pagou R$ 450,00.
Sabendo que João comprou apenas uma peça de cada tipo, o valor pago por ele foi de
(A) R$ 270,00.=(C) (B) R$ 280,00. (C) R$ 290,00. (D) R$ 300,00. (E) R$ 310,00.

24. Uma lanchonete oferece aos seus clientes as seguintes opções para montar um sanduíche: 2 tipos de patês, 3 tipos de queijos, 4 tipos de frios e 3 tipos de folhas de saladas. Se uma pessoa quiser montar um sanduíche com apenas um ingrediente de cada tipo, o número de maneiras diferentes que ela poderá montar esse sanduíche será
(A) 80. (B) 72.=(C) (C) 63. (D) 50. (E) 44.

25. Uma bandeja de salgadinhos contém 9 bolinhas de carne, das quais 3 contêm tomates secos no recheio, e 7 bolinhas de queijo, das quais 4 contêm tomates secos no recheio. Como todas as bolinhas são de mesmo tamanho, não é possível identificar o recheio antes de abri-las. Se uma pessoa retirar, ao acaso, uma bolinha dessa bandeja, a probabilidade de ela ter tomates secos é
A) 7/23 B) 1/3 C) 7/16 = (C) D) 4/7 E) 7/9

26. O jornal Folha de S.Paulo publicou em 21.06.2007 o seguinte artigo:
8,13 7,14 6,31
2005 2006 2007
Manutenção de conta corrente especial ativa Taxa mensal, em R$
Média das taxas cobradas pelos dez maiores bancos do país pelos serviços
TARIFAS BANCÁRIAS (Procon – SP)

De acordo com a informação publicada nesse artigo, as médias das taxas mensais para a manutenção de uma conta corrente especial ativa aumentaram, de 2005 para 2007, aproximadamente
(A) 13,8%. (B) 17,3%. (C) 20,5%. (D) 26,9%. (E) 28,8%.= (C)

27. Um quadrado de lado 8 cm foi dividido conforme mostra a figura. A área em branco dessa figura mede: 2 cm x 2 cm x 2 cm x 2 cm x 2 cm x 2 cm x 2 cm x 2 cm
(A) 32 cm2.=(C) (B) 30 cm2. (C) 28 cm2. (D) 26 cm2. (E) 24 cm2.

28. Para presentear amigos, uma pessoa irá montar caixas com bombons sortidos e, para isso, comprou 500 g de bombons com licor, a R$ 36,00 o kg; 1,2 kg de bombons ao leite, a R$ 25,00 o kg, e 1,3 kg de bombons com recheio de frutas, a R$ 30,00 o kg.

O preço médio de um kg de bombom comprado por essa pessoa saiu por
(A) R$ 26,00. (B) R$ 27,00. (C) R$ 28,00. (D) R$ 29,00.= (C) (E) R$ 30,00.

29. Uma pessoa colocou um capital em uma aplicação A, a juro simples, com taxa de 1,5% ao mês, durante 7 meses. Se esse mesmo capital tivesse sido colocado na aplicação B, também a juro simples, teria rendido o mesmo juro da aplicação A, em apenas 5 meses. A taxa mensal da aplicação B era de
(A) 2,0%. (B) 2,1%.= (C) (C) 2,2%. (D) 2,3%. (E) 2,4%.

30. Um colégio promoveu um torneio esportivo, do qual participaram várias equipes. A tabela mostra apenas o número de vitórias, empates e derrotas das equipes A, B e C. Cada vitória vale 2 pontos, cada empate vale 1 ponto e cada derrota vale zero pontos.
EQUIPES NÚMERO DE VITÓRIAS NÚMERO DE EMPATES NÚMERO DE DERROTAS
A 2 x 2
B 5 2 1
C y 0 2
Sabendo que o número total de pontos da equipe A foi a metade do total de pontos da equipe C e que as três equipes juntas somaram um total de 27 pontos, então o número de vitórias da equipe C foi
(A) 1. (B) 2. (C) 3. (D) 4. (E) 5.=(C)

31. Preparando-se para uma competição, um atleta faz corridas diárias. No 1.º dia, ele percorre 2 km, no 2.º dia percorre 5 km, no 3.º dia, 8 km, e assim sucessivamente, aumentando sempre 3 km a mais a cada dia, até atingir a marca de 44 km no
(A) 13.º dia. (B) 14.º dia. (C) 15.º dia.=(C) (D) 16.º dia. (E) 17.º dia.

32. Uma confeitaria derreteu uma barra de chocolate de 30 cm de comprimento por 10 cm de largura e 2 cm de altura e moldou tabletes de 0,5 cm de altura por 3 cm de largura e 8 cm de comprimento, conforme mostra a figura.
10 cm x 2 cm x 30 cm = Barra e 3 cm x 8 cm x 0,5 cm = Tablete
Supondo que não ocorreram perdas de chocolate, o número de tabletes que puderam ser feitos foi
(A) 10. (B) 20. (C) 30. (D) 40. (E) 50. = (C)

33. Pedro e João são colegas de trabalho e freqüentam academias de ginástica diferentes. Na academia que Pedro freqüenta, a taxa de matrícula é de R$ 120,00 e a mensalidade é de R$ 45,00. Na academia que João freqüenta, a matrícula custa R$ 150,00 e a mensalidade é de R$ 35,00. Certo dia, Pedro e João estavam conversando e descobriram que ambos haviam se matriculado no mesmo mês nas respectivas academias e
que, até o momento, tinham gastado, entre matrícula e mensalidades, a mesma quantia. Supondo que até o momento ambos estejam com os pagamentos em dia, pode-se dizer que eles estão freqüentando as respectivas academias há
(A) 3 meses.=(C) (B) 4 meses. (C) 5 meses. (D) 6 meses. (E) 7 meses.

34. A figura mostra o desenho de uma prateleira de livros que será colocada na parede de um quarto. Prateleira para livros x 80 cm 60º Prateleira para livros

A distância x, entre as duas prateleiras, é Adote:
(A) 40 cm. (B) 45 cm. (C) 57 cm. (D) 68 cm.=(C) (E) 76 cm.

35. Um grupo de garotos possui uma caixa com 630 bolinhas de gude e faz a seguinte brincadeira: o 1.º garoto retira 10 bolinhas; o 2.º retira o dobro de bolinhas retiradas pelo 1.º; o 3.º retira o dobro de bolinhas retiradas pelo 2.º e assim sucessivamente cada um retirando o dobro de bolinhas retiradas pelo seu anterior, até o último garoto. Sabendo que não sobrou nenhuma bolinha na caixa e todos os garotos retiraram a quantidade correta de bolinhas que lhes cabia, pode-se afirmar que o número de garotos que participou dessa brincadeira foi
(A) 5. (B) 6.=(C) (C) 7. (D) 8. (E) 9.

CONHECIMENTOS GERAIS

36. Considere o texto.
Para os plebeus, o expansionismo romano teve conseqüências funestas: quanto mais a República triunfava no exterior, mais os plebeus se arruinavam em Roma.

(Luiz Koshiba e Denise Manzi Frayze Pereira. História Geral e do Brasil)

O texto trata de aspectos decorrentes da expansão territorial da Roma Antiga.

Identifique as afirmações que confirmam o fenômeno histórico, explicitado pelos autores.

I. Quando voltavam das guerras, os pequenos proprietários plebeus acabavam vendendo suas terras, pois não tinham condições de reconstruir suas atividades agrícolas.
II. A plebe que emigrou do campo para a cidade provocou o aumento no número dos clientes, isto é, dos que viviam sob a proteção dos ricos ou do Estado.
III. O comércio de escravos proporcionou a igualdade entre os romanos, pois as riquezas geradas nessa atividade eram divididas entre os plebeus e os ricos e importantes.

É correto o que se apresenta apenas em
(A) I e II.= (C) (B) I e III. (C) I. (D) II. (E) III.

37. Considere o mapa. (Divalte Garcia Figueira, História)

Os limites do Estado Brasileiro foram definidos, em grande parte, no período da dominação portuguesa, como é possível observar no mapa. Com base no princípio de que “quem possui de fato, deve possuir de direito”, Portugal e Espanha assinaram
o Tratado de Madri, que garantiu a Portugal o direito sobre terras que até então estavam sob o domínio espanhol. As ações dos portugueses, que os levaram a possuir de fato essas terras, foram, entre outras,
(A) a expansão cafeeira e a formação dos quilombos na região do Nordeste da colônia.
(B) a ação dos jesuítas nas guerras guaraníticas e a extração desenfreada do pau-brasil.
(C) a formação das capitanias hereditárias e a exploração do tabaco e do algodão.
(D) o plantio e a fabricação da cana-de-açúcar e a expansão da atividade pecuária.
(E) a exploração das riquezas minerais e a captura dos índios pelos bandeirantes. (C)

38. Considere a charge.

(Carlos Eduardo Novaes e César Lobo, História do Brasil para principiantes)

A charge expressa um fato ocorrido no Brasil, na década de 1930. Essa Carta Magna, chamada de “Polaca”, provocou mudanças na estrutura política do país, uma vez que
(A) o poder legislativo federal estabeleceu o sistema parlamentarista de governo.
(B) o poder executivo criou mecanismos de intervenção no poder legislativo. (C)
(C) o governo brasileiro foi obrigado a renunciar por pressões dos militares.
(D) os três poderes não poderiam sofrer quaisquer formas de intervenção.
(E) o Congresso Nacional determinou o fim do regime presidencialista.

39. Considere a manchete de um jornal.

(Folha de S.Paulo)

A manchete do jornal anuncia um fato histórico relacionado à Segunda Guerra Mundial e que representou
(A) a vitória dos países aliados sobre os países que compunham as forças do Eixo.
(B) o recuo militar de um país liberal que não pôde derrotar o exército bolchevique.
(C) a vitória parcial dos nazistas nas batalhas contra os partidários do bolchevismo.
(D) a derrota de um dos países europeus que lutou contra países liberais e comunistas. (C)
(E) a derrota militar de uma potência hegemônica envolvida na luta contra o fascismo.

40. Reflita sobre os textos.

Quanto à ação revolucionária propriamente dita, os inconfidentes tinham arquitetado um plano militar que deveria ser acionado no dia da derrama.

Animai-vos povo baianense que está por chegar o tempo feliz da nossa liberdade: o tempo que seremos todos irmãos, tempo em que seremos todos iguais.

(Luiz Koshiba e Denize Manzi Frayze Pereira, História do Brasil)

Os dois textos referem-se, respectivamente, aos movimentos conhecidos por Inconfidência Mineira e Conjuração Baiana. Com base nos textos e no conhecimento histórico, pode-se afirmar que esses dois movimentos
I. defendiam os interesses econômicos da classe dominante das metrópoles européias.
II. tinham em comum a luta pela ruptura dos laços coloniais entre Brasil e Portugal.
III. foram influenciados pelos ideais dos pensadores iluministas do continente europeu.

É correto o que se apresenta somente em
(A) I. (B) II. (C) II e III.= (C) (D) III. (E) I e III.

41. A globalização é, atualmente, um dos fatos mais polêmicos e contraditórios em discussão. Analise as afirmações sobre esse processo:
I. Trata-se de um processo econômico em andamento que tem possibilitado aos mais diferentes países atingir o pleno emprego e o rápido crescimento econômico.
II. Para ampliar o comércio mundial, a globalização estimulou a queda de protecionismos e de barreiras comerciais.
III. Cresceu a circulação de capitais pelo mundo e as bolsas de valores ganharam grande destaque.
IV. Para estimular o processo, as nações ricas têm privilegiado algumas áreas do globo, como, por exemplo, a África negra, ao sul do Saara.

Está correto somente o que se afirma em
(A) I e II. (B) I e III. (C) I e IV. (D) II e III.=(C) (E) III e IV.

42. Observe o mapa e as paisagens a seguir.
I II

As paisagens I e II são características, respectivamente, dos domínios
(A) 1 e 4. (B) 2 e 5. (C) 3 e 2.=(C) (D) 4 e 1. (E) 5 e 3.

43. Segundo as pesquisas do IBGE,
(A) tem-se verificado que, nessas últimas décadas, os movimentos migratórios não são mais predominantemente na direção Nordeste-Sudeste, mas, ao contrário, apresentam-se difusos, atingindo também as regiões Norte e Centro-Oeste. (C)
(B) o crescimento vegetativo está estabilizado no índice de 3% ao ano, o que permite um certo “conforto” quanto à possibilidade de geração de emprego e renda às novas gerações.
(C) a maior parte da população economicamente ativa, cerca de 40% do total, tem carteira assinada e exerce atividades primárias, isto é, trabalha no campo.
(D) metade da população brasileira reside nas áreas urbanas, principalmente nas médias e grandes cidades que, desde a década de 1990, têm apresentado pequeno crescimento demográfico.
(E) a população brasileira tende a se tornar predominantemente jovem porque as taxas de natalidade são elevadas e a expectativa de vida ainda é muito baixa.

44. Nesta região brasileira ocorre atualmente a maior expansão agrícola do país, com o predomínio das grandes propriedades que desenvolvem extensas monoculturas e o uso intensivo de máquinas, corretivos químicos e fertilizantes que acabam por provocar fortes impactos ambientais. Muitos desses estabelecimentos agrícolas pertencem ou estão associados aos complexos agroindustriais.

O texto faz referência à região
(A) Sul, que desenvolve grandes cultivos de milho e trigo.
(B) Nordeste, que tem ampliado o cultivo de frutas.
(C) Norte, que tem aumentado as áreas canavieiras.
(D) Sudeste, que introduziu, recentemente, o cultivo de laranja.
(E) Centro-Oeste, que abriga grandes plantações de soja. (C)

45. Este problema ambiental é observado em várias áreas rurais brasileiras.

Assinale a alternativa que apresenta causas desse problema.

(A) Forte pluviosidade – solos muito pedregosos.
(B) Desmatamento – práticas agrícolas inadequadas. (C)
(C) Cultivos em áreas de várzeas – uso de máquinas agrícolas.
(D) Queimadas – forte ação de ventos.
(E) Solos com pequena fertilidade – excesso de chuvas.

Atualidades

46. O comércio exterior brasileiro tem estado presente no noticiário porque tem crescido de forma acelerada nestes últimos anos. Sobre esse comércio, considere as afirmações:
I. Um de nossos maiores compradores asiáticos é a China.
II. Os Estados Unidos são o nosso principal país importador.
III. Para os países do Mercosul, o Brasil exporta principalmente carne e produtos agrícolas.

Está correto somente o que se afirma em
(A) I e II.=(C) (B) I e III. (C) I. (D) II. (E) III.

47. Mais uma ação da Polícia Federal, denominada Operação Navalha, tornou público um novo escândalo de grandes proporções econômicas, com apuração
(A) da venda de aviões a preços abaixo do mercado para os países árabes.
(B) da compra, a preços superfaturados, de remédios para os hospitais públicos.
(C) do desvio de recursos na construção de obras públicas em vários estados brasileiros. (C)
(D) do envio de dinheiro obtido com o comércio de drogas para paraísos fiscais.
(E) da abertura e funcionamento de bingos e caça-níqueis clandestinos.

48. “O prazo é até o mês de setembro! Se o Congresso brasileiro não aprovar nosso ingresso no Mercosul nós nos retiraremos. O Brasil tem muito a perder com a nossa saída”. Esse ultimato foi feito em meados de junho de 2007, pelo presidente do país que tem pretensões de fazer parte do Mercosul. Trata-se de
(A) Evo Morales, da Bolívia.
(B) Felipe Calderón, do México.
(C) Tabaré Vasquez, do Uruguai.
(D) Alan Garcia, do Peru.
(E) Hugo Chavez, da Venezuela. (C)

49. No início do mês de junho de 2007, os governantes do G-8(Grupo dos 7 países mais ricos do mundo, mais a Rússia) reuniram-se na para discutir temas importantes como
o aquecimento global. Foi a primeira vez que o Brasil foi convidado a participar da reunião para apresentar nossa posição sobre , esperança para vencer o aquecimento global.

Completam correta e respectivamente as lacunas:
(A) França ... a globalização
(B) Espanha ... a energia nuclear
(C) Bélgica ... a energia solar
(D) Alemanha ... os biocombustíveis (C)
(E) Itália ... o controle de natalidade

50. Depois de vários meses de acalorados debates, o IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis) concedeu a licença ambiental para a construção de mais duas hidrelétricas no Brasil. Assinale a alternativa que apresenta o rio onde serão construídas as usinas e o motivo da demora em conceder a licença.
(A) rio São Francisco – transposição de suas águas.
(B) rio Madeira – impactos ambientais. (C)
(C) rio Paraná – inundação de área agrícolas.
(D) rio Paraguai – perda da biodiversidade do Pantanal.
(E) rio Amazonas – prejuízo para a navegação.

REDAÇÃO

Os textos que se seguem estão associados ao tema da redação. Leia-os com atenção.

I
A morte do menino João Hélio, de 6 anos, arrastado por um carro depois de um assalto no Rio de Janeiro, reacendeu o debate sobre a redução da maioridade penal no país.
Como em outros crimes violentos, menores de idade tiveram papel ativo no brutal crime. Pela legislação brasileira, um menor infrator não pode ficar mais de três anos internado em instituição de reeducação, como a Febem. É uma das questões mais polêmicas a respeito da maioridade penal. As penalidades previstas são chamadas de “medidas socioeducativas”. Apenas crianças até 12 anos são inimputáveis, ou seja, não podem ser julgadas ou punidas pelo Estado. De 12 a 17 anos, o jovem infrator será levado a julgamento numa Vara da Infância e da Juventude e poderá receber punições como advertência, obrigação de reparar o dano, prestação de serviços à comunidade, liberdade assistida, inserção em regime de semiliberdade ou internação em estabelecimento educacional. Não poderá ser encaminhado ao sistema penitenciário.
(revista Veja. Adaptado)

II
Numa pesquisa do Instituto Sensus, de Minas Gerais, divulgada no fim de 2003, 88% dos entrevistados apoiaram uma reforma nas leis que reduza para 16 anos a responsabilidade criminal no país. O Site do Professor também realizou um levantamento informal sobre o assunto e 75% dos internautas que decidiram participar se manifestaram pela maioridade penal aos 16. Como se vê, a idéia conta com o apoio de uma expressiva maioria da população.
(Márcio Ferrari. Nova Escola. Adaptado)

III
Os que manifestaram opinião contra as mudanças na legislação para reduzir a maioridade penal acreditam que ela não traria resultados na diminuição da violência e só acentuaria a exclusão de parte da população. Alguns deles dizem que a aplicação adequada da legislação em vigor já seria suficiente.
(rev. Veja, Adaptado)

Tomando como ponto de partida as idéias veiculadas nos textos e suas próprias idéias e informações sobre o assunto, redija um texto dissertativo em prosa sobre o tema:

REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL PARA 16 ANOS NO BRASIL.

Instruções: Seu texto será avaliado de acordo com os seguintes critérios:
• emprego adequado da norma culta: escolha de vocabulário e correção gramatical;
• coerência entre as informações no interior do texto, e coerência com relação à realidade brasileira.

– Atenção: os textos fornecidos devem servir apenas como subsídio e não devem ser copiados.

Um comentário:

Eder Souza disse...

a 30 está errada a certa é a alternativa E
2.2 + 1 = 5
5.2 + 2= 12
5.2 + 0=10
como nos fala o anunciado o numero total de ponto da equipe A é a metade da equipe C.